Setor privado se mobiliza para apoiar o país durante a pandemia

quinta-feira, 20 ago

Seguindo a cadeia de iniciativas para ajudar a população nesse período de pandemia (veja outras nesses outros 2 postsaqui e aqui), o setor privado vem se juntando ao público e propondo medidas para minimizar os efeitos da doença e do isolamento social aos brasileiros durante a pandemia. São muitas as iniciativas ao redor do país. Entre elas estão: doação em dinheiro para fundos ligados ao SUS, compra de equipamentos, testes rápidos, cestas básicas, álcool gel e outros itens de higiene básica. Separamos alguns exemplos abaixo que podem ajudar aqueles que mais precisam nesse momento:

  • O Grupo Heineken, em parceria com a plataforma de “vaquinha” online Abacashi, criaram a campanha “Brinde do Bem” para ajudar bares afetados pela crise. Os consumidores podem comprar vouchers no valor de até R$ 100,00 para utilizarem nos bares quando a situação for normalizada, sendo que a Heineken repassa o dobro do valor da contribuição para o bar selecionado;
  • A Ambev, através de sua marca Bohemia, criou a campanha “Ajude um Buteco“, na qual o consumidor escolhe os botecos que quer ajudar e compra vouchers com desconto para consumo após o fim do isolamento social;
  • A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) declarou que mais de 100 instituições do setor vão disponibilizar ao governo sua linha de produção de respiradores mecânicos;
  • A Marfrig destinou R$ 7,5 milhões ao Ministério da Saúde para compra de testes rápidos;
  • A Petrobras doou 600 mil testes que serão entregues ao Ministério da Saúde e à Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro;
  • A Vale doou 5 milhões de kits de testes rápidos e equipamentos de proteção individual para médicos e enfermeiros;
  • O banco Itaú colaborou com R$ 150 milhões para infraestrutura hospitalar, compra de cestas de alimentação e kits de higiene;
  • A Avon e a Natura doaram 2,8 milhões de sabonetes em barra e líquido para comunidades em situação de vulnerabilidade social nos estados em que possui operação;
  • A Ambev doou 500 mil unidades de álcool em gel para os hospitais públicos das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília;
  • A Ype colaborou com 21 toneladas de sabão em barra para Paraisópolis;
  • A JBS destinou 2 milhões de sabonetes para lares de idosos próximos às fábricas do grupo e favelas das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo;
  • A Unilever doou 600 mil itens de higiene e limpeza para o estado do Rio de Janeiro;
  • O McDonald’s colaborou com refeições para profissionais de saúde;
  • As empresas aéreas Gol, Latam e Azul estão realizando o transporte de profissionais de saúde cobrando apenas a taxa de embarque;
  • O aplicativo de transporte 99 doou R$ 4 milhões em corridas para a locomoção de profissionais de saúde.

Para facilitar as doações e arrecadações, o Governo Federal lançou a plataforma “Todos por Todos”, na qual empresas, entidades, associações e órgãos públicos poderão oferecer serviços e produtos gratuitamente para o enfrentamento ao novo coronavírus. Nós do banco alt.bank também estamos ajudando nossos clientes nesse momento, devolvendo 1% do valor de todas as compras realizadas com o cartão de débito alt.bank. Saiba mais nesse outro post. Veja também as dúvidas mais frequentes sobre o Auxílio Emergencial nesse post. Fontes: Sites das empresas

Compartilhe

0 comentários

Publicações relacionadas